capa

Hoje estou aqui para falar sobre o Hundred, um exercício respiratório que visa aumentar a circulação do sangue para o corpo e prepará-lo para os próximos exercícios. Normalmente são executados de 5 a 10 respirações profundas.

Tem como objetivos:

  • Ativar a circulação (aquecimento do corpo);
  • Ativar o sistema cardiorrespiratório;
  • Aumentar a capacidade pulmonar (reforçar os pulmões);
  • Fortalecer os músculos abdominais (início do trabalho do Powerhouse);
  • Trabalhar a estabilização da cinturas pélvica e escapular.

Como é considerado um exercício de aquecimento para o corpo, ele vem sempre em primeiro lugar. Ao invés de fazermos exercícios de alongamento ou uma aeróbica, nós iniciamos todo o trabalho com o Hundred (cem). Em cada nível ele tem uma forma de iniciar. Aqui no nível iniciante as pernas sempre estão em posição “Tabletop” (quadril e joelhos flexionados, joelhos em linha com o quadril, tornozelos em linha com os joelhos), por ser um exercício de nível iniciante essa posição das pernas é mais confortável, em função de o aluno ainda não ter muito controle do Powerhouse, estabilização de cintura pélvica. Como a cabeça e o pescoço ficam elevados, alguns alunos que possuem desconforto na região da cervical (C1 a C7) podem realizar o exercício utilizando um apoio para a cervical (que conforme a melhora do aluno, é retirado).

Dentre as modificações (se necessário) podemos fazer menos repetições, realizar o exercício sem mover os braços (apenas mantendo a posição das pernas em “Tabletop” e realizando a respiração profunda), pés apoiados no chão na largura do quadril ou ainda trabalhar somente a respiração, mas essas modificações vão variar de aluno para aluno.

Abaixo segue um vídeo mostrando a execução do exercício, lembrando sempre: Se for realizar a atividade em casa no Mat (tapete), não esqueça dos princípios do método, execute com muito controle e se for utilizar os aparelhos, sempre peça para seu instrutor estar observando se você está executando o exercício corretamente, um detalhe pode fazer toda a diferença no movimento.

 

Como eu sempre digo, cada aluno tem suas particularidades e são esses detalhes que trabalhamos com os exercícios do Pilates e que depois vão fazer toda a diferença na vida diária de cada um.

E se você gostou desse post, comenta aqui em baixo o que achou, se já tentou fazer esse exercício, enfim, fique à vontade!
Um beijo e até semana que vem, tchau!

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estes Tags e Atributos HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>